49 3328 4874
ÁREA DO CLIENTE

TOPO

Postado em 30 de Dezembro de 2018 às 13h34

Saúde e segurança do trabalhador da construção civil: 6 exigências da NR18.

    Tríade Inspeção Industrial - Chapecó/SC A segurança no trabalho, principalmente em setores como a construção civil, ocupa papel de destaque, inclusive no que se refere a ser uma atividade lucrativa para a empresa. A...

    A segurança no trabalho, principalmente em setores como a construção civil, ocupa papel de destaque, inclusive no que se refere a ser uma atividade lucrativa para a empresa. A prática da segurança nos canteiros de obra diminui a incidência de acidentes e faz com que a qualidade de vida do trabalhador melhore, resultando em aumento de produtividade e diminuição de despesas ocasionadas por imprevistos. Portanto, invista em segurança!

    Confira 6 das mais importantes exigências da NR18:

    1) Escavação, fundação e desmonte de pedras: devem ter sinalização de advertência e barreira de isolamento em toda a volta. O acesso de pessoas não autorizadas deve ser proibido. Os declives acima de 1,25m devem ter a estabilidade garantida por meio de estruturas montadas para este fim. Obrigatório o uso de EPIs.

    2) Armações de aço: obrigatório usar o avental de raspa e EPIs. As ferragens não devem ser armazenadas longe do chão e nem impedir a circulação. As mesas de corte devem ter dispositivo de bloqueio e os aparelhos elétricos devem ser aterrados. Para livre circulação de operários, o ideal é que sejam colocadas pranchas de madeira, a fim de tonar a circulação mais segura;

    3) Escadas, rampas e passarelas: devem ser providas de guarda corpo com altura de 1,20. Os pisos devem ser revestidos som sistema antiderrapante. 

    4) Proteção contra quedas: a plataforma secundária deve ser instalada acima da principal, de três em três e cobertas com tela. As periferias têm que ter guarda-corpo e rodapés. As aberturas no chão devem ser fechadas com material resistente. O poço do elevador deve ser fechado.

    5) Andaimes: devem ter a tela feita com material resistente. O acesso deve ser por meio de escadas seguras. O piso deve ter forração antiderrapante, os encaixes têm que ser travados com parafusos, contrapisos ou braçadeiras. A largura mínima da plataforma de trabalho é de 0,65m. O engate do mosquetão no trava-quedas deve ser feito antes da entrada no andaime suspenso e só desengatado quando o trabalhador estiver fora do andaime. O EPI obrigatório é o trava-quedas.

    6) Instalação elétrica: Para os casos em que haja possibilidade de contato acidental com qualquer parte viva energizada deve ser adotado isolamento adequado.


    A Tríade é uma empresa que atua no setor da engenharia de inspeção, sendo especializada na elaboração de projetos personalizados para atender as principais NR`s. Atendemos em todo o Brasil!

    Veja também

    SANTA CATARINA TEM PREOCUPAÇÃO COM O BEM-ESTAR ANIMAL21/06/18 A preocupação com o bem-estar animal está na pauta dos produtores rurais e das indústrias catarinenses de processamento de carne. Esta é uma questão absolutamente atual. As agroindústrias barrigas-verdes foram as primeiras empresas brasileiras a aderir ao Programa Nacional de Abate Humanitário, mundialmente conhecido pela sigla STEPS. O programa está......
    INSPEÇÃO DE EPI CONTA QUEDA EM ALTURA: SAIBA COMO FAZER.17/12/18 De acordo com a NR 35, assim que novos equipamentos de segurança para trabalho em altura são recebidos, eles devem passar por uma inspeção minuciosa antes de serem colocados em uso. Esses equipamentos abrangem cintos, talabartes,......

    Voltar para BLOG